"Parla!" - Mestre e discípulo

Atualizado: Fev 6



A seguir, um diálogo do episódio-piloto da série “Kung-Fu”, do início dos anos setenta. O menino Kwai Chang Caine, de uns doze anos de idade, recém-adentrado no famoso Templo Shaolin, encontra-se com o Mestre Po, um velho monge cego. O menino comenta com o idoso a prisão que a cegueira deve representar para ele, e como essa condição seria triste para o monge. Mestre Po, com voz firme, pede que o discípulo Caine bata nele com uma vassoura, com todas as forças. Depois de hesitar, o monge veterano repete a ordem, mais energicamente, e o discípulo finalmente obedece. Todos os golpes lançados pelo garoto são facilmente aparados pelo monge que, contra-atacando, derruba o discípulo diversas vezes, rindo divertido em seguida. Depois de ajudar o boquiaberto e ofegante discípulo a se reerguer, seguindo-se uma breve pausa, mestre e discípulo conversam sobre como seria possível o monge cego realizar aparentes façanhas com tamanha precisão:

Mestre Po: Feche seus olhos. Preste atenção: o que você ouve?

Jovem Kwai Chang Caine: Eu ouço a água, ouço os pássaros.

Mestre Po: Você ouve a batida de seu próprio coração?

Jovem Kwai Chang Caine: Não.

Mestre Po: Você ouve o gafanhoto que está aos seus pés?

Jovem Kwai Chang Caine (espantado, abrindo os olhos para contemplar o referido inseto): Velho, como é possível que ouça tantas coisas?

Mestre Po: Jovem, como é possível que você não ouça?


#artesmarciais #kungfu #china #oriente #televisao #cegueira #monge #mestre #discipulo

5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo